Neuropsicologia tem um papel fundamental na compreensão do funcionamento cerebral e das suas respetivas alterações. Estuda a relação entre a atividade nervosa superior e o comportamento, a cognição, as emoções, a motivação e a vida em relação.

Avaliação neuropsicológica

Permite o estudo aprofundado das várias funções cognitivas, emocionais e comportamentais, de forma a caracterizar as necessidades do paciente e promover o seu bem-estar.

Reabilitação/Estimulação Cognitiva

Consiste num conjunto de procedimentos e técnicas de estimulação neurocognitiva com o objetivo de promover o desempenho cognitivo e a adaptação familiar e social dos pacientes, através de uma abordagem integrativa com o doente e a sua família.

Quais as competências possíveis para treino?

  • Raciocínio verbal e não-verbal
  • Tenção
  • Perceção
  • Aprendizagem
  • Orientação
  • Funções executivas (planificação e velocidade de processamento) melhorando os seus défices cognitivos.

Qual o objetivo destas sessões?

O objetivo consiste em melhorar e/ou retardar a progressão desses défices o que melhora a qualidade de vida do indivíduo incrementando as suas capacidades cognitivas, tornando-o mais adaptado ao seu dia a dia.

Quando é indicado a intervenção neuro psicológica?

A intervenção neuropsicológica (avaliação e reabilitação/estimulação cognitiva) é indicada para:

  • Demências (Alzheimer, Parkinson, Demência Vascular, etc.)
  • Défice Cognitivo Ligeiro
  • Acidentes Vasculares Cerebrais
  • Traumatismos Cranianos
  • Perturbações do Sono
  • Dislexia
  • Hiperactividade com Défice de Atenção
  • Perturbações da memória